FLORENÇA

NEGÓCIOS MAIS RENTÁVEIS NA ITÁLIA
23/11/2017
COMO TIRAR O PASSAPORTE ITALIANO
07/12/2017
Mostrar Tudo

FLORENÇA

Florença, a cidade que passa um filme na minha cabeça, que quando tive que ir embora, na verdade eu só queria ficar, pra sempre.

O berço do Renascimento e de tantas figuras ilustres, como Dante Alighieri, é a capital da região da Toscana, que foi governada pela família Medici do século XV ao séc. XVIII. Em tempos remotos foi habitada pelos etruscos e depois, foi fundada como Vila pelos romanos.
No século XIII já era considerada a principal cidade do Ocidente, por seu grande desenvolvimento econômico e demográfico. Com isso, no século XIV, ricos comerciantes começaram a incentivar o desenvolvimento das artes, financiando muitos artistas. Dentre esses grandes mercadores, destaca-se a família Medici.
Foi a partir daí que deu-se início ao Renascimento, período no qual, a arte retomou paradigmas da Antiguidade Clássica, trazendo como ideal o humanismo e o naturalismo. Foi o primeiro grande movimento artístico, científico, literário e filosófico, que iniciou a passagem da Idade Média para a Idade Moderna. Dentre tantos artistas renascentistas, podemos destacar Leonardo da Vinci, Michelangelo, Rafael, Donatello, Brunelleschi e Botticelli.

Aconselho reservar pelo menos 4 dias para conhecer a cidade. Eu fiquei uma semana, mas teria ficado o resto da vida. rs
Com 4 dias, você consegue ver com calma os museus e as igrejas, subir na Cúpula do Duomo (sinto muito, não poderei contar como é lá de cima, porque meu medo de altura não me permite fazer esse tipo de visita), e até mesmo fazer um bate e volta em Lucca (lembram que falei sobre ela e um pouquinho da minha origem neste post aqui?).

O QUE CONHECER?

BASILICA DI SANTA MARIA DEL FIORE

IMG_2386
Uma advertência antes de falarmos sobre ela, lembre-se sempre, quando você entrar em uma igreja na Itália (e em outros países da Europa também), faça silêncio e apenas observe as obras de arte, fotos são permitidas, mas sem flash, pelo amor de tudo que é mais sagrado! E quando eu falo em silêncio e sem flash, é pra você não tomar uma bela bronca das pessoas que cuidam desses lugares, e eles são ninjas, super acostumados com turistas mal educados e não se incomodam nem um pouco em chamar sua atenção e ficar na sua cola.
A Basílica di Santa Maria del Fiore é conhecida como a Catedral de Florença e levou séculos, 6  exatamente, para ser construída, e é uma das grandes obras da arquitetura.
Sua fachada é toda em mármore colorido em estilo neogótico, adornada com várias estátuas.
O seu interior possui 3 naves, divididas por arcos, há monumentos homenageando Dante, Brunelleschi, Giotto, entre outros.
Seus vitrais são os maiores da Itália, que trazem imagens do Velho e Novo testamento.
Sobre a porta encontra-se um relógio colossal com decoração de Paolo Ucello.
A cúpula é o que mais chama a atenção, projetada por Brunelleschi, e com afresco que representa o Juízo Final, iniciado por Giorgio Vasari e finalizado por Federico Zuccari devido à morte de Vasari.
Para subir na Cúpula, é preciso agendar horário, se você visitar o batistério, você pode comprar o ingresso online e já prenotar a subida para a cúpula. É bom se preparar para subir 463 de graus.

PIAZZA DEL DUOMO
É o ponto central da cidade, onde estão o Campanário de Giotto, o Duomo, e o Batistério de São João.
Fique por ali andando e contemplando essas obras de arte maravilhosas.

BATISTÉRIO DE SÃO JOÃO

IMG_2392

Logo em frente ao Duomo, encontra-se o batistério. O que mais chama a atenção são as portas de bronze . As primeiras portas (Portas Sul), consistem em 28 painéis quadrangulares, representando cenas da vida de São João Batista e suas virtudes.
As Portas Norte são também 28 painéis com cenas do Novo Testamento. Acima delas, você pode observar estátuas de bronze, obras de Francesco Rustici , com assistência de Leonardo da Vinci.
Já as Portas Leste são 10 painéis com cenas do velho testamento, foi utilizada uma técnica de perspectiva para que os painéis adquirissem profundidade. Michelangelo se referiu a essas portas como “As Portas do Paraíso”, nome que permanece até hoje.
As portas que vemos hoje não são as originais, estas estão devidamente preservadas no Museu Opera del Duomo.
O interior do batistério remete ao Panteão de Roma, e seu teto possui um mosaico maravilhoso que representa o Julgamento Final, com cenas de castigos. Dante se baseou nesse mosaico para criar muitas das cenas da sua obra Inferno.
Eu recomendo que você compre online o ingresso para visitar o batistério e agendar seu acesso à Cúpula do Duomo, que falei aí em cima. O site oficial para a compra do ingresso é este aqui.

PONTE VECCHIO

ponte-vecchio-firenze-696x427

Estando em Florença, você não pode deixar de andar pela Ponte Vecchio, cheio de lojas luxuosas com seus artigos em ouro, é uma ponte medieval sobre o Rio Arno. Desde sempre abriga lojas e mercadores.
Resistiu à Segunda Guerra Mundial, e acredita-se que não foi destruída por ordem direta de Hitler.

PIAZZALE MICHELANGELO

IMG_2533
Prepare suas pernas para subir até essa praça e tenha a certeza que valerá muito a pena. É nela que você verá um dos mais lindos pôr do sol da sua vida. Chegue cedo para pegar um bom lugar, porque ela fica lotada.
Você verá a Ponte Vecchio, o Duomo, praticamente toda a Florença, e é um espetáculo maravilhoso.

LE GALLERIE DEGLI UFFIZI

Se você é fã de arte, como eu, reserve pelo menos meio dia para visitar. Como o próprio nome diz, são várias galerias, deixe-se perder pelos seus corredores, vale muito a pena. Mas também, não deixe de ver algumas das maiores obras de arte, como O nascimento da Vênus e a Primavera de Botticelli, bem como obras de Leonardo, Rafael, Michelangelo e Caravaggio (meu preferido).
Comprar ingresso na hora é loucura, não faça isso, compre online e esteja lá uns 10 minutos antes do horário que você agendou, porque você entrará em uma fila e deve aguardar para trocar seu voucher pelo ingresso. E se você aparecer por lá atrasado, sinto muito, não te deixarão entrar. Então programe-se muito bem para visitar a galeria.

GALLERIA DELL’ACCADEMIA DI FIRENZE
Aqui está o famoso David de Michelangelo. Nunca vou me esquecer a primeira fez que estive lá e dei de cara com o David. É uma obra de arte tão linda, que simplesmente comecei a chorar. Entrei no corredor e lá estava ele, bem no fundo, e por mais que chegar até ele, obrigatoriamente, você passará por outras esculturas, tenha a certeza que vai ser tudo ignorado e você só conseguirá olhar para ele.
A estátua de Michelangelo, feita em mármore, é uma das mais importantes obras deste mestre, tem 5,17 metros de altura e deveria adornar uma das fachadas da Santa Maria del Fiore, mas após sua conclusão, foi colocada em frente ao Pallazo della Signoria (hoje o que se vê na praça é uma réplica). Os olhos de David, quando em seu lugar de origem, estavam voltados à Roma e, com sua força e beleza, representa o poder e a liberdade da República Fiorentina.
Esta galeria foi especialmente concebida para abrigar obras de grande valor, além de David, existem outras esculturas de Michelangelo, uma esplêndida coleção de quadros de mestres fiorentinos, além das Sabinas de Giambologna, Madonna e filho e Madonna do Mar de Botticelli.
Reserve pelo menos 3 horas para contemplar toda essa maravilhosidade.
Você também pode comprar o ingresso online aqui.

BASILICA DE SANTA CROCE

IMG_2394

Maior igreja Franciscana do mundo, diz a lenda que foi fundada pelo próprio Francisco de Assis.
É uma das mais importantes do mundo. Nela estão enterrados os mais ilustres italianos que conhecemos: Michelangelo, Galileo Galilei, Maquiavel e Rossini.
Possui 16 capelas, muitas delas decoradas com afrescos de Giotto e seus alunos.
No refeitório está localizado o Museo dell’Opera di Santa Croce, onde você pode contemplar o crucifixo de Cimabue.
Além de Giotto, você pode observar os trabalhos de Donatello: relevo da Anunciação na parede sul; crucifixo na Cappella BardiSt Louis of Toulouse no refeitório.

MUSEO NAZIONALE DEL BARGELLO
Localizado no Palácio de Bargello, foi construído em 1255 e abriga obras de Donatello, Luca della Robbia, Verrochio, Michelangelo, Cellini, entre outros.
Em sua coleção estão objetos de bronze, esmaltes, cerâmicas, tapeçarias, tecido e mobiliários, muitos pertencentes à família Medici.
O edifício é um dos mais antigos de Florença e inúmeros eventos históricos ocorreram ali, como reuniões do Conselho dos Cem, em que Dante participou, e execuções da Conspiração Pazzi, quando foi utilizado como prisão.
Ele é um museu desde meados do século XVIII.

MERCATO DELLA PAGLIA/MERCATO NUOVO
Quando foi construído, era o local para venda de seda, depois no século XVIII passou a ser conhecido como mercado da palha, por ali serem vendidos objetos feitos com palha. Hoje é um bom local para comprar souvenirs e artigos de couro.

MERCATO CENTRALE
Neste mercado você encontra todo tipo de embutido, queijos, vinhos, frutas e no andar superior existe uma grande praça de alimentação. É um bom lugar para conhecer e fazer uma refeição e, quem sabe, comprar algumas comidinhas de souvenir também.

Ainda existem muitos outros locais para se conhecer em Florença, mas estes são os principais. Espero que a sua passagem por Florença seja tão inesquecível quanto foi para mim! Deixe-se perder pelas ruas de Florença, entre nas igrejas, mesmo que desconhecidas, porque todas abrigam obras de arte de tirar o fôlego, faça caminhos diferentes todos os dias saindo do seu hotel, Florença é encantadora e merece que se tire o maior proveito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × dois =

O conteúdo de texto, foto e vídeo do site CIDADANIA TUTTO A POSTO não pode ser copiado ou reproduzido sem autorização prévia.

Quer saber se tem direito a Cidadania Italiana ou Nacionalidade Portuguesa? Clique no botão abaixo e faça uma pré-consulta.
FAÇA UMA PRÉ-CONSULTA GRATUITA!
Fazer pré-consulta