LIVORNO

DECLARAÇÃO DE PRESENÇA O QUE É? PRA QUE SERVE?
12/07/2018
10 DICAS DE COMO COMPRAR PASSAGENS AÉREAS MAIS BARATAS
26/07/2018
Mostrar Tudo

LIVORNO

A Cidade Ideal, como foi definida na Renascença Italiana, localizada na Toscana, traz sua história nos seus bairros cortados por canais e cercados por muralhas, e pelo seu porto (Porto Médici), com suas torres e fortalezas que te levam ao centro da cidade.

Livorno foi uma cidade planejada no final do século XVI pelo arquiteto Bernardo Buontalenti, passando, assim por uma grande expansão, sendo construído um sistema de canais navegáveis.

Tornou-se uma cidade multicultural graças ao porto franco lá estabelecido, onde os bens comercializados eram isentos de impostos, o que fez da cidade um dos portos mais importantes da área. Quando tornou-se parte do Reino da Itália perdeu o seu estado de porto franco e acabou perdendo a sua importância.

Mas estamos aqui para falar sobre o que conhecer nessa cidade de praia, que vale a pena conhecer.

Você pode chegar lá por navios de cruzeiros, de carro,  trem ou ônibus. Se você estiver em Florença, vale o bate e volta, inclusive, vale a parada em Pisa ou mesmo em Lucca (apesar de já ter falado sobre Lucca neste post aqui e achar que ela merece mais do que só algumas horinhas).

O que fazer em Livorno?

Primeira coisa? Como adoro comida, é ir ao Mercato dele Vettovaglie e comer um panino chamado 5 e 5 , um pão recheado com uma torta di cedi (torta de grão de bico). Os livorneses que não me escutem (e nem leiam), mas o 5 e 5 é muito parecido com o pane e panelle, típico de Palermo, a diferença, pra mim, é que no 5 e 5 a tortinha é assada, enquanto no pane e panelle ela é frita (tendo oportunidade, experimente os dois!).

Passeie pelo lungomare, aproveite a vista que o mar Tirreno te oferece!

Suba para o Santuario della Madonna di Montenero que, além de uma igreja belíssima, você tem uma vista incrível de toda a cidade.

Ande pelo bairro Venezia e admire a Fortezza Vecchia, símbolo de Livorno, fortaleza medieval que sofreu algumas modificações ao longo dos anos (e séculos, inclusive, foi quase destruída durante as Grandes Guerras) e que no século 16 os Medici a redesenharam e construiriam uma residência e uma pequena igreja (Capella San Francesco), se tiver com tempo, entre na Fortaleza, é bem gostoso e bonito lá dentro, é calmo, tranquilo, bem diferente do que deve ter sido quando realmente defendia a cidade. Rs

Gosta de fazer umas comprinhas? Caminhe pela Via Grande, lá você encontra as melhores lojas da cidade e pode tomar um café ou um sorvete sem pressa.

Visite o Museu de História Natural do Mediterrâneo que, apesar de ter perdido uma grande parte de seu acervo na 2ª Guerra Mundial, ainda abriga uma vasta coleção de objetos da região do mediterrâneo, não deixe de ir à Sala Mare, sala do museu que possui um esqueleto de baleia. Se você compra o ingresso para este museu, ainda pode visitar o Horto Botanico e o Planetário, vale a pena!

Gosta de futebol? Que tal conhecer o Stadio Armando Picchi. É verdade que a Livorno está na série C, mas quem é amante de futebol, uma visita a um estádio é sempre muito bem vinda.

Livorno é uma cidade um pouco diferente do que estamos acostumados quando pensamos em Toscana, mas que vale a pena conhecer!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × 1 =

O conteúdo de texto, foto e vídeo do site CIDADANIA TUTTO A POSTO não pode ser copiado ou reproduzido sem autorização prévia.

Quer saber se tem direito a Cidadania Italiana ou Nacionalidade Portuguesa? Clique no botão abaixo e faça uma pré-consulta.
FAÇA UMA PRÉ-CONSULTA GRATUITA!
Fazer pré-consulta