O QUE CONHECER EM MILÃO

SEGURO VIAGEM – O QUE VOCÊ PRECISA SABER
21/12/2017
RECONHECER A CIDADANIA E LEVAR ACOMPANHANTE
18/01/2018
Mostrar Tudo

O QUE CONHECER EM MILÃO

Milão é a capital da região da Lombardia e a segunda maior cidade da Itália, ficando atrás de Roma.
Foi fundada pelo povo celta conhecido como  Ínsubres e se chamava Mediolano. Em 222 A.C. tornou-se parte do Império Romano. Passou pelas mãos dos espanhóis e austríacos e em 1796 foi conquistada por Napoleão, passando a ser a capital do Reino da Itália em 1805. Foi um centro cultural importante e durante a Segunda Guerra Mundial foi gravemente afetada pelos bombardeios dos Aliados, e principal centro de resistência italiana.

É uma das mais importantes cidades industriais da Europa e um dos mais importantes centros de negócios e finanças da União Européia.

Conhecida como a capital do design e famosa pela moda, Milão tem muitos atrativos, deixarei aqui os principais.

  1. DUOMO
    Em estilo gótico, é uma das mais célebres edificações em estilo gótico, sua construção começou em 1386, sendo concluída em meados do século XVI.
    Seu interior é revestido de mármore, com vitrais do séc. XIV ao séc. XX.
    O seu exterior possui 3.200 estátuas, 135 pináculos e no topo da torre mais alta está a Madonnina, que é a estátua da Virgem protetora da cidade, banhada a ouro.
    Para o passeio ser completo, você deve subir ao telhado da catedral, onde é possível observar as estátuas da fachada mais de perto (já que é praticamente impossível ver essas maravilhosidades da praça). Pra isso, existem 2 opções: elevador ou subir os 200 degraus a pé. Obviamente o elevador é mais caro, mas a diferença é bem pouca, uns 5 euros, mais ou menos. Estando lá em cima, além da vista panorâmica, você pode subir mais alguns degraus e ver a Madonnina de perto.
    Passe por lá de noite também, porque o Duomo todo iluminado é lindíssimo.
  2. GALLERIA VITTORIO EMANUELLE II
    Pensada para ser um corredor entre a Praça do Duomo e a Praça Scala, era usada pela burguesia milanesa como área de passeio antes ou depois dos espetáculos no Teatro Scala.
    Em estilo eclético de ferro e vidro, hospeda lojas das grifes mais famosas do mundo, cafés e restaurantes históricos, inclusive, a primeira loja da Prada.
    Atravesse-a sem pressa, preste atenção nos detalhes (restaurados e reconstruídos após a II Grande Guerra, já que a galeria não foi poupada dos bombardeios), e lembre-se de passar pelo mosaico do touro e fazer o ritual par ter sorte, dê 3 voltas inteiras com o calcanhar direito no testículo do animal (superstição pura, mas vai que, não é?).
  3. TEATRO SCALA
    Sua fachada não é tão bonita como seu interior, por isso, não se deixe levar somente pelo exterior e entre para conhecer o maior teatro lírico do mundo.
    Assistir a um ballet ou uma ópera, é uma ótima opção, mas programe-se para comprar ingresso com MUITA antecedência.
    Caso você não goste, não queira, sei lá, é possível visitar o teatro, mas somente através de um dos camarotes, onde você observará o teatro todo e seu lindo lustre de murano. Para isso, cheque se a visão do teatro está disponível e compre o bilhete no museu.
  4. SANTA CEIA (CENACOLO VINCIANO)
    Quem não a conhece? A Santa Ceia de Leonardo da Vinci não é um quadro, mas sim um painel pintado em uma das paredes do refeitório da igreja Santa Maria delle Grazie. Ir para Milão e não conhecer a Santa Ceia, é como ir a Roma e não ver o Papa.
    Para visitá-la é preciso organização, você não pode simplesmente chegar lá e achar que vai entrar e pronto, não, se fizer isso, perderá tempo. Compre o ingresso com antecedência no site oficial e para retirar o bilhete, você precisa estar lá 20 minutos antes do horário da sua visita, é como já expliquei no post sobre Florença, você DEVE, obrigatoriamente, chegar 20 minutos antes para a retirada do ingresso, se chegar na hora da visita, não vão te atender e não vai adiantar brigar, chorar, nada. A hora da visita é a hora da visita, hora de retirar ingresso é hora de retirar ingresso, punto e basta.
    Além disso, são grupos de 25 a 30 pessoas que entram para admirar esta obra de arte durante 15 minutos (não queira dar uma de esperto e fazer de conta que não está entendendo que tem que sair, porque você provavelmente tomará uma bela bronca) e justamente por serem separados grupos, existe um limite máximo de pessoas que podem visitar a Santa Ceia por dia, e é por isso que você deve comprar o ingresso antecipadamente.
  5. PINACOTECA DE BRERA
    Muitos são os museus em Milão, mas se você estiver sem tempo, ou quer conhecer apenas um, escolha a Pinacoteca de Brera que tem uma coleção de arte que vai do século XIII ao XIX, lá você pode contemplar obras de Caravaggio, Rafaello, entre outros.
    Para conhecer as obras mais importantes do museu, você levará, em média, duas horas.
  6. PARQUE SEMPIONE
    Um dos parques mais visitados da cidade, com uma extensa área verde e próximo ao Castelo Sforzesco, é uma boa pedida pra descansar, fazer um piquenique e ir para o Castelo em seguida.
  7. CASTELO SFORZESCO
    Construído no século XV pelo Duque de Milão, sobre os restos de uma fortificação datada do século XIV, sofreu várias modificações ao longo dos séculos pelos espanhóis, os Habsburgos, Napoleão Bonaparte e, novamente, pelos austríacos de Bellegarde. No ano de 1943, foi danificado por uma bomba e no pós-guerra foi reconstruído para fins museológicos.
    No ápice do Renascimento, aconteciam ali muitas festas e banquetes, e este castelo foi frequentado por Bramante e Leonardo, muito incrível, não?
    Hoje é um museu que abriga museus (sim, é isso mesmo!rs), pois hospeda 14 instituições. Para conhecê-lo todo, são necessários dias, por isso, indico que visite o mais famoso, o Museu de Arte Antiga, onde você encontra obras de Michelangelo e Leonardo; e o Museu Egípcio que abriga sarcófagos e múmias.
  8. I NAVIGLI
    Bairro mais animado da cidade, lá é possível encontrar restaurantes, cafés, baladas.
    Vale a pena conhecer.

Uma última dica é o trem que liga o aeroporto de Milão ao Centro da cidade. Não gaste seu dinheiro com táxi, o Linate (trem) te deixa no centro da cidade e de lá você pode pegar um táxi ou ir a pé até o seu hotel.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

treze − 9 =

O conteúdo de texto, foto e vídeo do site CIDADANIA TUTTO A POSTO não pode ser copiado ou reproduzido sem autorização prévia.

Quer saber se tem direito a Cidadania Italiana ou Nacionalidade Portuguesa? Clique no botão abaixo e faça uma pré-consulta.
FAÇA UMA PRÉ-CONSULTA GRATUITA!
Fazer pré-consulta