QUANTO CUSTA O PROCESSO DE CIDADANIA ITALIANA?

BOLOGNA, O QUE CONHECER?
16/02/2018
COMO RECONHECER A CIDADANIA ITALIANA
02/03/2018
Mostrar Tudo

QUANTO CUSTA O PROCESSO DE CIDADANIA ITALIANA?

Acho que esse é um dos pontos principais que todo mundo quer saber pra poder juntar aquela grana e dar entrada no pedido de cidadania italiana.
Não é uma questão simples de se responder, porque cada caso é um caso, depende de como você quer fazer, onde quer fazer, se tem tempo disponível para buscar certidões, se prefere contratar assessoria, enfim, são muitos fatores que influem no quanto gastar, mas tentarei te dar um norte pra que você pelo menos consiga ter uma base de valores.

A DOCUMENTAÇÃO

Primeiro de tudo, obviamente, você terá que juntar a documentação pertinente ao processo, que são as certidões de nascimento, casamento e, eventualmente, óbito, de todas as pessoas da sua linha ascendente, ou seja, desde o italiano, até você.

Depois de estar com as certidões todas em mãos, você precisa conferir, ver se elas contém algum erro de nome, sobrenome, datas, se estiver tudo certo, ótimo, senão, precisa retificar e a retificação pode ser administrativa ou judicial.

Não vou entrar em detalhes sobre as retificações (se você quiser saber mais sobre esse tema, clique aqui), mas isso também terá um custo.

Depois dos documentos estarem todos corretos, será a hora de traduzir e apostilar tudo.

Pois bem, quanto custa uma certidão italiana? Depende, depende se o documento é religioso ou civil, de qual Comune é, se o Comune ou a Paróquia cobram emolumentos, porque cada lugar da Itália trabalha de uma maneira diferente. Depende também se você precisará contratar alguém pra buscar o documento, pesquisá-lo, etc.
Se for o caso de só pedir o documento italiano, mais ou menos, o custo de uma certidão é de 40 euros.

E os documentos brasileiros? Também depende do Estado da Federação em que ele se encontra, você pode consultar os valores no Diário da Justiça de cada Estado, ou nos sites das Associações de Registradores de Pessoas Naturais do Estado da certidão que você precisa. Lembre-se, o valor a ser gasto é da certidão de inteiro teor, mais a firma reconhecida (sina público) do escrevente.

Por exemplo, em São Paulo, o valor da certidão é de R$61,67 (sem impostos); o reconhecimento de firma, sem impostos, custa R$5,92.

E se eu precisar retificar? Aí depende se a retificação será administrativa ou judicial e os valores você só vai conseguir consultando os cartórios e advogados (quando judicial).

A tradução? O valor pode ser calculado por lauda ou por caractere, depende do tradutor juramentado, por isso pesquise com eles os valores, envie as certidões que serão usadas no seu processo, que eles analisarão e te passarão valores. Normalmente, o mínimo cobrado gira em torno de R$150,00 a R$200,00 a lauda.

Sobre o apostilamento, também depende, pois o valor varia de Estado para Estado, os valores você pode encontrar naquela mesma tabela de emolumentos dos Registradores.

O PROCESSO DE CIDADANIA

Documentos prontos, hora de entregar no Consulado ou ir pra Itália.

CONSULADOS

Se você for entrar na fila do Consulado e esperar de 10 a 15 anos para entregar a documentação, você pagará uma taxa (valor também depende de Consulado para Consulado, mas normalmente são 300 euros) e aguardará para entregar a documentação. Neste caso, você só precisará aprontar a documentação quando estiver chegando a sua vez de ser chamado, ou seja, se você entra hoje na fila, você paga os 300 euros, e aguarda 10 a 15 anos para providenciar a documentação. Enquanto espera, você pode fazer uma poupança e guardar o dinheiro para organizar os documentos.

DIRETAMENTE NA ITÁLIA

Justamente por demorar tanto tempo pelos Consulados, as pessoas estão viajando para a Itália para fazer o processo, que dura, em média 6 meses.

Se você resolver ir para a Itália, tenha em mente que, além dos gastos com a documentação e passagens aéreas, você terá que alugar um imóvel e residir nele por pelo menos 2 a 3 meses, e este imóvel não pode ser um quarto de hotel, um aluguel de airbnb, tem que ser um aluguel de uma casa, um apartamento, registrado nos órgão públicos italianos.

Quanto custa o aluguel? Depende! Depende da região italiana onde você quer residir, se no norte, centro ou sul (o sul costuma ter preços mais em conta) e se você fará o aluguel sozinho ou contratará uma assessoria para te auxiliar.

Fora isso, lembre-se dos gastos que você terá com supermercado, internet (se não estiver incluso no aluguel), celular, ou seja, todos os gastos que costumamos ter no dia a dia.

Posso aqui contar minha experiência, eu fiz meu processo no sul da Itália, na Sicília, eu gastava por mês com supermercado (incluindo a compra de carne), entre 30 a 40 euros, eu fui sozinha e sou uma pessoa que come razoavelmente bem. Isso também depende dos seus hábitos. Falei sobre isso no post “O que você precisa saber para viajar ou morar na Itália”.

Você terá que arcar, ainda, com o custo do permesso di soggiorno (leia mais sobre ele aqui), com a emissão do passaporte e a carteira de identidade.

Não colocarei aqui uma tabela com todos os gastos que você terá, porque, como disse lá em cima, cada caso é um caso, pesquise, entre em contato com os órgãos e pessoas necessárias para a prática e calcule o quanto você precisará. Você pode ler pessoas dizendo que gastaram X, mas você pode gastar Y, porque nunca um caso é igual ao outro, somos únicos, processos únicos. O que você conseguirá será uma média de valores e aí você conseguirá fazer aquela poupança legal pra realizar seu sonho de se tornar cidadão italiano!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × 1 =

O conteúdo de texto, foto e vídeo do site CIDADANIA TUTTO A POSTO não pode ser copiado ou reproduzido sem autorização prévia.

Quer saber se tem direito a Cidadania Italiana ou Nacionalidade Portuguesa? Clique no botão abaixo e faça uma pré-consulta.
FAÇA UMA PRÉ-CONSULTA GRATUITA!
Fazer pré-consulta