TRABALHAR NA ITÁLIA

NATURALIZAÇÃO DO ITALIANO
11/10/2017
ESTUDAR NA ITÁLIA – CURSO SUPERIOR
26/10/2017
Mostrar Tudo

TRABALHAR NA ITÁLIA

Para trabalhar na Itália legalmente existem duas maneiras: ou você é imigrante legal ou você tem cidadania italiana ou de algum outro país europeu.
Outra coisa indispensável é saber falar italiano, quanto mais fluente seu italiano, mais chances de você conseguir uma boa colocação. Inglês é válido, assim como alemão também, já que a Itália respira turismo, mas o italiano é indispensável. Portanto, se você pensa em morar e trabalhar no país da pizza, comece desde já a estudar essa língua belissima.

IMIGRANTE LEGAL

Para morar na Itália você precisa ter uma permissão para trabalhar.
O jeito mais seguro de você conseguir a permissão para trabalhar legalmente na Itália é ainda aqui no Brasil conseguir uma colocação lá. Você pode conseguir isso através de indicação de amigos, trabalhando em empresas italianas ou internacionais, ou enviar currículos para essas empresas e começar trabalhando aqui e pedir transferência para lá, ou buscando trabalho em sites de busca de emprego, como o Indeed, MonsterClicca lavoro, ou sites de agência de emprego, como Adecco e Randstad.
Aí você me pergunta, tá, mas como vou procurar emprego se eu não sei como fazer um currículo nos moldes italianos? Você pode fazer acessando o site Europass, lá você consegue criar um currículo que é aceito em diversos países e em todas as línguas da União Européia.
Quando você conseguir seu emprego, comemore e depois vá ao consulado, ou embaixada, italiano da região onde você reside e solicite o visto de trabalho, que tem um custo de mais ou menos 116€.

Para saber mais sobre o tipo de visto que se aplica para você, entre no site vistoperitalia, que você consegue maiores informações.

TRABALHO COM A CIDADANIA ITALIANA OU OUTRA CIDADANIA EUROPÉIA

Se você já possui a cidadania italiana (ou como sempre digo, está na dúvida se deve fazer esse processo de obtenção de cidadania italiana, faça!), sendo cidadão italiano, não é necessário que você saia com um emprego daqui (ao menos que você consiga, auguri, melhor ainda!), é possível viajar para a Itália e tentar lá mesmo conseguir uma colocação, porque você não precisará comprovar nada e pode ficar no país o tempo que você quiser, afinal, você é italiano!
Para quem tem outras cidadanias européias, como portuguesa, espanhola, alemã, é permitido ficar na Itália por 3 meses, depois desse período, a pessoa deve se encaminhar ao Uffcio Stranieri e comprovar (através de agendamento de entrevista, envio de currículo) que está em busca de emprego no país para conseguir a permissão para continuar na Itália.

SALÁRIO E CUSTO DE VIDA

Aqui no blog já falei sobre isso no post “o que você precisa saber para viajar ou morar na Itália”.
Na Itália não existe um salário mínimo como aqui no Brasil, a remuneração varia conforme a formação, profissão e o nível de italiano, por isso, o salário pode variar de, mais ou menos, 1.000€ a 2.500€.
No site iltuosalario (site em italiano), você pode ter uma ideia de quanto se ganha na Itália, além de poder explorar o custo de vida nas regiões e províncias italianas.
O custo de vida da Itália, como disse no post que citei aí em cima, varia conforme a região e principalmente com seu estilo de vida.
A oferta de empregos na região norte da bota é maior do que no sul, mas a vida no sul costuma ser mais barata. Você precisa analisar bem as opções, como você gosta de viver e o que se encaixa melhor na sua vida e no seu bolso. No site expatistan, é possível comparar o custo de vida entre cidades, é uma boa maneira de te ajudar a estudar qual cidade será melhor para você.
Com mais ou menos 1.500€ duas pessoas podem viver de maneira confortável, mas sem muitos luxos.  Uma conta rápida, gastos com água, luz, gás e supermercado por mês, para duas pessoas, gira em torno de 400€, já o aluguel, varia conforme a região italiana, bem como o tipo de imóvel, a quantidade de cômodos, a região da cidade, etc, podendo ser de 350€ a 1.000€ ou mais.

PROFISSIONAIS MAIS PROCURADOS NA ITÁLIA

Uma boa forma de começar a vida, se você não se importa muito em deixar a sua profissão de lado, é encarar os empregos que os italianos não querem fazer. Falta mão de obra na Itália, e por isso algumas profissões podem te render um bom dinheiro.
Os profissionais mais procurados por lá são:
Mecânico
Marceneiro
Cozinheiro
Esteticista
Padeiro
Costureiro
Encanador
Trabalho com artigos de couro

Agora, se você quer um emprego na sua área, o melhor a fazer é ter sua cidadania italiana reconhecida, redigir um belo currículo, ir para a Itália e buscar seu emprego.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezessete − 14 =

O conteúdo de texto, foto e vídeo do site CIDADANIA TUTTO A POSTO não pode ser copiado ou reproduzido sem autorização prévia.

Quer saber se tem direito a Cidadania Italiana ou Nacionalidade Portuguesa? Clique no botão abaixo e faça uma pré-consulta.
FAÇA UMA PRÉ-CONSULTA GRATUITA!
Fazer pré-consulta