Coimbra

Qual a diferença entre certidão em Breve Relato (simples) e Certidão em Inteiro Teor?
06/03/2020
Desarquivamento de Divórcio: O que é? Quem pode fazer?
20/03/2020
Mostrar Tudo

Coimbra

Coimbra é uma das cidades mais antigas de Portugal, a maior da região central, linda, com suas escadas, arcos medievais e ruas estreitas.
Sua origem é romana e visigótica , tendo influência muçulmana. Foi a primeira capital do reino de D. Afonso Henrique e nela nasceram 6 reis portugueses da primeira dinastia.

A primeira universidade do País foi aqui fundada no século XII, instalada definitivamente em 1537, por ordem do rei D. João III e ainda influencia a vida de toda a população de Coimbra. Inclusive, por esse motivo, é que muitas empresas da região se desenvolvem, sendo premiadas internacionalmente.

As principais oportunidades de trabalho estão na área de tecnologia, serviços e comércio.

A qualidade de vida na região é muito boa, o custo de vida é mais baixo do que no Porto e em Lisboa.

É uma cidade que está perto do mar e das montanhas, sendo considerada muito segura, suas taxas de criminalidade são abaixo da média em Portugal.

O QUE CONHECER?

  • UNIVERSIDADE DE COIMBRA
    Se for visita-la no horário de aulas, verá os estudantes com suas tradicionais capas pretas pelos corredores, costume antigo que perdura até hoje.
    O complexo arquitetônico é deslumbrante, o Paço das Escolas foi o primeiro Paço Real de Portugal, onde nasceram e viveram os primeiros reis do país e a partir do século XVI é que o local passou a ser sede da universidade.
    Destaque para a Biblioteca Joanina, Capela de São Miguel, a torre, Via Latina e Sala dos capelos (antiga sala dos tronos).
    De todos, o mais famoso é a biblioteca que guarda a primeira edição dos Lusíadas. Algo inusitado sobre a biblioteca é que morcegos foram introduzidos na sala para ajudarem na preservação dos livros, pois eles se alimentam de traças e outros insetos que podem colocar em risco a integridade desses livros devido à umidade e temperatura do local, eles são considerados os guardiões da biblioteca.
  • MOSTEIRO DE SANTA CRUZ
    Fundado em 1131 pela Ordem de Santo Agostinho, chamado de Panteão Nacional, pelo fato de que na igreja estão sepultados os dois primeiros reis de Portugal, D. Afonso Henriques e D. Sancho I. Suas esculturas são da época manuelina, com a esfera armilar e a cruz da Ordem de Cristo.
    Não deixe de visitar o Jardim da Manga (ou Claustro da Manga), localizado na parte detrás do Mosteiro.
  • SÉ VELHA
    Sua construção teve início no ano 1139 por Afonso Henriques, em estilo românico, é imponente e lembra a entrada de um castelo.
    Nela está sepultado D. Sesnando, governador da cidade antes de D. Afonso Henrique.
    Seu claustro foi construído em estilo gótico e vale a visita.
  • ARCO DE ALMEDINA
    Porta de entrada da muralha que cercava a cidade antiga, nesse local você se sentirá na idade média e verá a influência árabe da região, devido à ocupação do século VIII.
  • MUSEU NACIONAL DE MACHADO DE CASTRO
    O museu mais importante de Coimbra.
    Ocupa as instalações do antigo Paço Episcopal, onde funcionava a antiga Igreja São João de Almedina.
    Possui uma coleção de esculturas, pinturas e arte decorativas incrível. No piso inferior se encontra o criptopórtico romano, que sustentava o fórum romano.
  • JARDIM BOTÂNICO
    Inaugurado pelo Marquês de Pombal no século XVIII, onde se destacam a Alameda das Tílias, Estufa Grande, Estufa Fria, Fontanário, Recanto tropical (com diferentes espécies de palmeiras) e o Aqueduto de São Sebastião.
  • QUINTA DAS LÁGRIMAS
    A maior história de amor de Portugal se encontra aqui. Conta a lenda que Inês de Castro foi assassinada neste local.
    Dizem que Inês foi assassinada (a mando de seu pai) perto da Fonte das Lágrimas e por isso, até hoje, as algas ali são vermelhas.
  • SÉ NOVA DE COIMBRA
    Inaugurada no final do século XVII pelos jesuítas, tem elementos maneiristas e barrocos.
  • MOSTEIRO DE SANTA CLARA-A-VELHA
    Convento em estilo gótico fundado pela rainha Isabel, no século XIV, que foi por muito tempo abandonado devido às cheias constantes do rio Mondego.
    Além do mosteiro, a rainha Isabel mandou construir ali um hospital para os pobres e um Paço, onde ela viveu depois de ficar viúva.
  • MOSTEIRO DE SANTA CLARA-A-NOVA
    Erigido no século XVII, veio para substituir o antigo. Construído em estilo barroco, é aqui que se encontra o sepulcro da Rainha Santa Isabel.Se perca pelas ruas da Cidade Alta, caminhe pela ponte pedonal Pedro e Inês, deixe essa cidade te conquistar que você não terá vontade de ir embora.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

catorze + sete =

O conteúdo de texto, foto e vídeo do site CIDADANIA TUTTO A POSTO não pode ser copiado ou reproduzido sem autorização prévia.

Quer saber se tem direito a Cidadania Italiana ou Nacionalidade Portuguesa? Clique no botão abaixo e faça uma pré-consulta.
FAÇA UMA PRÉ-CONSULTA GRATUITA!
Fazer pré-consulta