COMO DIRIGIR NA ITÁLIA

ABASTECENDO O CARRO NA ITÁLIA (E TALVEZ NA EUROPA DE UM MODO GERAL)
19/10/2018
POSITANO
08/11/2018
Mostrar Tudo

COMO DIRIGIR NA ITÁLIA

Estando na Itália como turista ou para realizar o reconhecimento da sua cidadania italiana, você pode se interessar por dirigir.

DIRIGIR NA ITÁLIA COMO TURISTA (OU RESIDENTES HÁ MENOS DE UM ANO)

Você vai “turistar” ou passar menos de um ano na Itália e quer dirigir (caso de muitas pessoas que vão fazer o reconhecimento da cidadania italiana). Você tem duas opções, uma é fazer a tradução juramentada da sua CNH brasileira quando estiver em solo italiano ou solicitar a PID (Permissão Internacional par Dirigir) antes de viajar.

ATENÇÃO: tanto traduzindo a CNH, como fazendo a PID, você sempre terá que carregar a sua CNH junto e ela deve estar válida e regular, ok?

A PID é emitida pelo DETRAN de cada estado e nada mais é do que a nossa CNH traduzida para 7 idiomas. Ela é aceita em todos os países que possuam acordo de proximidade com o Brasil ou que sejam signatários da Convenção de Viena. O custo do documento varia por estado e a validade dela acompanha a validade da sua CNH.

Qualquer brasileiro que tenha a CNH definitiva, válida e regular, pode fazer o pedido da PID. Não sei como funciona em outros estados (por isso procure informações no site do Detran do seu estado para saber como fazer a sua), mas aqui em São Paulo, você faz tudo online, pelo site do Detran, paga a taxa e pode escolher receber em casa através dos Correios. Foi o que eu fiz, recebi minha PID em, mais ou menos 7 dias úteis. Só não deixe pra fazer em cima de sua viagem, seja precavido e faça com antecedência.

A tradução juramentada, como disse ali em cima, tem que ser feita quando você já estiver em solo italiano, ou seja, não adianta você sair do Brasil com a tradução feita, ela deve ser feita diretamente no país da bota.

DIRIGIR NA ITÁLIA COMO RESIDENTE

Quem pretende residir na Itália, o Brasil tem um acordo bilateral, onde é permitido que brasileiros residentes em solo italiano possam converter a CNH em patente di guida (carteira de motorista italiana) sem a necessidade de testes ou exames. O acordo é bilateral, portanto, se um italiano resolver residir no Brasil, ele poderá transformar a patente di guida dele em CNH, sem precisar passar por testes e exames também.

Para solicitar a conversão, é preciso ter fixado residência no país a menos de 4 anos e possuir a CNH definitiva de categoria A ou B. Para outras categorias, é obrigatório fazer exames específicos de acordo com a legislação italiana.

O interessado deve dirigir-se ao Ministro dele infraestrutture e dei Trasporti da sua região, munido dos documentos necessários, que você encontra a lista aqui.

Os brasileiros residentes a mais de 4 anos, poderão obter a patente di guida desde que passem nos exames teóricos e práticos para tal.

INFORMAÇÕES PRÁTICAS

Já falei no post da semana passada de como é abastecer o carro. Você pode ler o post aqui.

Vamos a outros detalhes:

PEDÁGIO

Você pagará pedágio só nas autoestradas, nas demais vias, você não pagará nada.

Eu viajei a Sicília toda e só peguei autoestrada duas vezes, ou seja, paguei pedágio duas vezes, apenas.

Mas vamos lá, como funciona?

Duas foram as maneiras que eu paguei pedágio, uma que eu entrei na estrada e quando fui sair, paguei para a moça, como aqui no Brasil. Uma outra forma foi que ao entrar na estrada, já tinha um pedágio, parei na cabine, que não tinha ninguém, apenas uma máquina, apertei o botão da máquina e ela me deu um ticket, quando fui sair da estrada, havia outro pedágio e nele fiz o pagamento daquilo que rodei.

Alguma cabines não possuem funcionários e você paga em uma máquina, outras, têm funcionário e você paga diretamente pra ele. Ambos os sistemas recebem pagamento em cartão ou dinheiro.

Você deve passar na cabine que tem o desenho de dinheiro e cartão, não passe nas que têm placas amarelas escrita “Telepass”, essas são exclusivas para o “sem parar” deles, se vc passar nela, é multa na certa.

Pedágio com o Telepass, o "sem parar" italiano. Não passe nele se você não tiver um telepass.

Pedágio com o Telepass, o “sem parar” italiano. Não passe nele se você não tiver um telepass.

 

O pedágio da esquerda é o que recebe dinheiro e cartão, o do centro (que tem a van passando), recebe só cartão, e o do lado direito é o Telepass ("sem parar" italiano)

O pedágio da esquerda é o que recebe dinheiro e cartão, o do centro (que tem a van passando), recebe só cartão, e o do lado direito é o Telepass (“sem parar” italiano)

 

 

ESTACIONANDO O CARRO

Você vai perceber que existem demarcações no chão que são brancas e outras que são azuis. Pois bem, a branca é para residentes, a azul para público em geral.

Por isso, caso não seja residente, você só poderá estacionar seu carro nas vagas demarcadas na cor azul. Procure o parquímetro mais próximo e faça o pagamento do tempo que você pretende ficar, lembre-se de colocar o ticket no painel do carro.

Existem bolsões de estacionamento, que você identifica com uma placa de fundo azul e um P branco no meio. Em alguns deles também terão as faixas brancas e azuis, pare na azul e verifique se você tem que pagar para deixar o carro ali. Achou um parquímetro? Confira o valor e o tempo de permanência e pague o equivalente a aquilo que você ficará. Normalmente após às 20 horas e até às 8 da manhã é gratuito, no horário da pausa pranzo também costuma ser gratuito. Mas confira as regras na placa que fica logo acima do parquímetro.

Linha azul

Linha azul

 

Zona que pode parar, desde que você pague e respeite o horário.

Zona que pode parar, desde que você pague e respeite o horário.

 

Parquímetro onde você deve fazer o pagamento.

Parquímetro onde você deve fazer o pagamento.

AS PLACAS

•Placa de fundo verde – Autoestrada

•Placa de fundo azul – estradas extra urbanas

•Placa de fundo branco – estradas urbanas, aeroportos, estádios

•Placa de fundo amarelo – placas temporárias para indicar alguma mudança de percurso devido à obras ou desvios necessários

•Placa de fundo marrom – pontos turísticos

•Placa de fundo preto – zonas industriais, artesanais, centros comerciais, fábricas

•Placa redonda de fundo vermelho e traço branco – Contra-mão, acesso proibido, não entre.

•Placa com um carrinho vermelho e outro preto – proibido ultrapassar

Pra não se perder, foque no seu destino e procure placas com o nome da cidade.

Contra-mão, proibido entrar

Contra-mão, proibido entrar

placas

placa

ZONA DE TRÁFEGO LIMITADO

Na Itália é muito comum encontrar essas zonas que são lugares em que é proibido o tráfego de carros, exceto veículos autorizados. Normalmente é a parte mais histórica da cidade.

Quando você se deparar com uma placa escrita Zona Traffico Limitato, cuidado, não continue porque você será multado, uma vez que no início de cada rua existem câmeras prontas pra captar a sua placa e te dar uma bela multa.

O que fazer, então? Se informe se no lugar que você vai existe essa zona e se você pode comprar um passe para entrar.

Por exemplo, em Palermo é possível comprar o passe pelo dia (como um zona azul), você encontra em qualquer Tabacchi (lembre-se, você precisa comprar e validar ANTES de entrar). Comprando esse ticket, atrás têm as instruções, você deve mandar um sms no número de telefone designado no cartão, e enviar o número da placa do carro e o código do ticket. Enviou, espere o sms de confirmação. Recebeu o sms confirmando que o ticket foi validado, você pode entrar na zona trafico limitado sem problema. Apenas deve ter atenção para os horários que o seu ticket é válido e deixá-lo no painel do carro.

ztl2

ztl3

ztl

Abasteça sempre!! Não ande com o tanque “no cheiro”, porque você pode entrar numa estrada secundária que não terá absolutamente nada, apenas campos e casinhas lindas.

Basicamente com essas dicas você pode dirigir tranquilo pela Itália e tudo correrá bem. Um detalhe importantíssimo, lembre-se sempre de andar dentro dos limites de velocidade permitidos: 50 km/h nas áreas urbanas; 90km/h nas estradas secundárias;  110 km/h nas estradas principais e 120 km/h nas autoestradas.

Lembre-se que normalmente as casas e hotéis italianos não possuem garagem e você terá que estacionar na rua.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

onze − oito =

O conteúdo de texto, foto e vídeo do site CIDADANIA TUTTO A POSTO não pode ser copiado ou reproduzido sem autorização prévia.

Quer saber se tem direito a Cidadania Italiana ou Nacionalidade Portuguesa? Clique no botão abaixo e faça uma pré-consulta.
FAÇA UMA PRÉ-CONSULTA GRATUITA!
Fazer pré-consulta