Funchal – o que conhecer

Quero morar em Portugal, mas não tenho descendência portuguesa, o que devo fazer?
09/02/2024
Após a retificação de certidões tenho que atualizar RG, CPF, CNH, passaporte?
01/03/2024
Mostrar Tudo

Funchal – o que conhecer

Funchal é a capital da Ilha da Madeira, situada no oceano Atlântico, e é uma das cidades mais antigas de Portugal. Foi fundada em 1424 por João Gonçalves Zarco. O nome “Funchal” deriva da palavra portuguesa para “funcho” (erva-doce), que era abundante na ilha quando os exploradores portugueses chegaram.

Durante os séculos XVI e XVII, Funchal prosperou como um importante porto para as rotas comerciais entre Portugal, África e as Índias Orientais. A cidade cresceu rapidamente devido ao comércio de açúcar, vinho e especiarias.

No século XIX, Funchal tornou-se um destino turístico popular para os europeus, especialmente para os britânicos, devido ao seu clima ameno e paisagens deslumbrantes.

 

O que fazer em Funchal:

 

  1. Jardim Botânico da Madeira

Este jardim é famoso por sua grande coleção de plantas exóticas, árvores e flores. Oferece vistas deslumbrantes sobre a cidade e o oceano Atlântico.

Com uma área de aproximadamente oito hectares — dos quais cerca de cinco são de área ajardinada — este espaço verde é constituído por variadíssimas espécies de árvores e arbustos ornamentais, uma área com orquídeas, relvados, miradouros, com paisagens amplas sobre a capital madeirense, e um anfiteatro.

O Jardim Botânico da Madeira alberga mais de 2000 plantas exóticas oriundas de todos os continentes, algumas delas em extinção nos seus locais de origem. Devido à crescente perda de biodiversidade e de habitats um pouco por todo o mundo, este espaço conta, ainda, com uma zona de pesquisa e conservação, assumindo a missão de preservar espécies ameaçadas.

 

  1. Mercado dos Lavradores

Este é um mercado local vibrante onde você pode experimentar a autêntica cultura madeirense, comprar produtos frescos, flores, artesanato e experimentar a gastronomia local.

A Madeira é célebre pelos seus produtos regionais de excelência, fruto em grande parte da extraordinária fertilidade dos solos aliada ao clima subtropical de que usufrui. O Mercado dos Lavradores, que ocupa um lugar destacado no centro do Funchal é como um museu-vivo onde o protagonismo é dado à frescura e sabores do arquipélago.

O edifício, cujo projeto é da autoria de Edmundo Tavares, apresenta uma arquitetura típica do Estado Novo. A sua dimensão e posicionamento refletia desde logo a intenção de tornar o Mercado dos Lavradores no grande polo abastecedor da cidade. A fachada, a porta principal e a peixaria são ornamentadas por grandes painéis de azulejos, de 1940, da fábrica Faiança Battistini, de Maria de Portugal, pintados com temas regionais por João Rodrigues.

 

  1. Monte Palace Tropical Garden

Situado no topo da montanha, este jardim possui uma coleção única de plantas exóticas, lagos e cascatas. Também abriga o Museu Monte Palace, com exposições de arte asiática e africana.

A sua História leva-nos ao século XVIII, quando Charles Murray, cônsul inglês, comprou a propriedade, situada a sul da igreja do Monte, e a converteu numa quinta. Em 1897, foi adquirida por Alfredo Guilherme Rodrigues, que aqui construiu uma residência apalaçada, mais tarde transformada num hotel denominado “Monte Palace Hotel”.

O Monte Palace Madeira – Jardim Tropical é, hoje, constituído por cerca de 100.000 espécies vegetais, oriundas de todo o mundo. Desta vastíssima coleção, distribuída por uma área de 70.000 m², destacam-se as centenárias cicas, consideradas fósseis vivos.

Os visitantes são, ainda, surpreendidos pelas ornamentações que pontuam as diversas zonas, entre vegetação densa e os lagos. De diferentes épocas e geografias, este espaço ostenta cantaria, diversas esculturas budistas, lanternas em pedra ou uma famosa coleção de azulejaria (séc. XV-XX). Além disso, o Monte Palace Madeira – Jardim Tropical alberga uma fauna rica, contando com majestosos cisnes, pavões ou os asiáticos peixes Koi.

 

  1. Teleférico do Funchal

Oferece uma vista panorâmica da cidade e do oceano durante a subida até Monte.

Este meio de transporte estabelece a ligação entre o centro do Funchal e a freguesia do Monte, oferecendo a experiência memorável de sobrevoar a cidade e a serra.

Durante o século XX, o percurso entre o Funchal e o Monte era efetuado por um trem a vapor. Com a criação do Teleférico do Funchal, passou a ser possível fazer esta viagem em cerca de 15 minutos, vencendo um desnível de 560 metros. Com um total de 39 cabines, tem a capacidade de transportar 800 pessoas por hora.

Além de ser um verdadeiro mirante em movimento, o Teleférico do Funchal permite chegar comodamente a uma das zonas mais apreciadas do concelho do Funchal, isso porque em Monte, os visitantes podem aproveitar para conhecer os seus jardins tropicais e o seu patrimônio arquitetônico.

 

  1. Catedral do Funchal (Sé do Funchal)

Uma catedral impressionante com uma arquitetura deslumbrante, misturando estilos gótico e manuelino.

Classificada como Monumento Nacional desde 1910, a Sé do Funchal ocupa um lugar central na História, na geografia e na vida da cidade. Constitui o principal templo religioso do arquipélago da Madeira, amplamente admirado pelo seu incomparável valor histórico, arquitetônico e artístico.

Começou a ser construída, por ordem do rei D. Manuel I, no ano de 1493. Concluída já no início do século XVI, ostenta traços da época manuelina e gótica. A sua fachada, por exemplo, apresenta um portal gótico de grande imponência, composto por cantaria do Cabo Girão, com oito arquivoltas em arco ogival.

No interior da Sé Catedral do Funchal, as atenções dirigem-se de imediato para o retábulo, com seu céu gótico, esculturas e pinturas a óleo sobre madeira. De igual forma, também o teto merece um olhar atento. Trabalhado em cedro originário da ilha, é um exemplo monumental de decoração mudéjar (tetos de alfarge, de tradição artística islâmica).

 

  1. Passeio Avenida do Mar e das Comunidades Madeirenses

Uma avenida à beira-mar com restaurantes, bares, lojas e uma atmosfera animada.

 

Comidas Típicas para aproveitar a culinária local:

  1. Espetada: Espetos de carne de vaca temperada e grelhada, muitas vezes acompanhada por milho frito e batata doce.
  2. Bolo do Caco: Um pão redondo e achatado, cozido em pedras vulcânicas e geralmente servido com manteiga de alho e ervas.
  3. Peixe-Espada Preto: Uma especialidade da Madeira, este peixe é frequentemente grelhado e servido com banana frita.
  4. Sopa de Tomate e Cebola: Uma sopa tradicional feita com tomate fresco, cebola, alho e ervas aromáticas.
  5. Bolo de Mel da Madeira: Um bolo denso e rico feito com mel, especiarias e frutas secas.

 

Há uma variedade de excelentes restaurantes que oferecem estes pratos típicos:

  1. Armazém do Sal: Localizado no coração de Funchal, este restaurante é conhecido por seus pratos de peixe fresco e marisco, além de oferecer uma atmosfera acolhedora e tradicional.
  2. Do Forte: Situado em um antigo forte com vista para o mar, este restaurante oferece pratos típicos madeirenses, incluindo peixe fresco e pratos de carne, em um ambiente encantador.
  3. O Celeiro: Conhecido por sua excelente comida e serviço, o Restaurante O Celeiro oferece uma variedade de pratos tradicionais da Madeira, como espetada e peixe-espada preto grelhado.
  4. A Confeitaria: Este restaurante oferece uma atmosfera única, combinando gastronomia tradicional com uma decoração nostálgica. Experimente pratos como lapas grelhadas e bife de atum, além dos doces.
    oferece, ainda, opções vegetarianas.
  5. A Morgadinha: Localizado em um edifício histórico, o restaurante oferece pratos tradicionais da Madeira, como sopa de tomate e cebola, espetada e peixe fresco.

 

Praias

Funchal, embora seja conhecida principalmente por sua paisagem montanhosa e charme histórico, também oferece algumas praias encantadoras para os visitantes desfrutarem, como, por exemplo:

 

  1. Praia Formosa:

A maior praia pública em Funchal e é conhecida por sua bela paisagem, areia escura e águas cristalinas. Há uma variedade de instalações, incluindo chuveiros, banheiros e restaurantes ao longo da orla.

 

  1. Praia do Gorgulho:

Localizada perto do Lido, a Praia do Gorgulho é uma pequena praia de calhau (pedra, seixos e cascalho) e com águas calmas e ótimas para nadar. É cercada por calçadões e tem acesso a várias comodidades, como restaurantes e bares.

 

  1. Praia de São Tiago:

Esta é uma pequena praia de calhau, localizada perto do Forte de São Tiago, no centro histórico de Funchal. É uma praia tranquila e pitoresca, com uma atmosfera encantadora.

 

  1. Praia do Vigário:

Localizada na área do porto de Funchal, a Praia do Vigário é uma pequena praia de calhau com vistas deslumbrantes para o mar e para o porto. É uma opção popular para quem deseja relaxar e aproveitar o sol.

 

  1. Praia da Barreirinha:

Esta praia é conhecida por sua piscina de água salgada, perfeita para quem prefere nadar em águas mais calmas e seguras. A Praia da Barreirinha também oferece excelentes vistas para o oceano e para a linha costeira de Funchal.

 

Estas são algumas das praias mais populares em Funchal. Cada uma tem seu próprio charme e atmosfera única, proporcionando aos visitantes uma experiência relaxante à beira-mar durante sua estadia na cidade.

 

Como chegar em Funchal

Existem várias opções para chegar a Funchal, na Ilha da Madeira, partindo de Lisboa, Portugal. Aqui estão algumas das maneiras mais comuns de fazer essa viagem:

  1. Voar de Lisboa para Funchal:

A maneira mais rápida de chegar a Funchal é voar diretamente do Aeroporto de Lisboa para o Aeroporto da Madeira, localizado perto de Funchal. Existem vários vôos diários operados por companhias aéreas como TAP Portugal, easyJet, e Azores Airlines.

 

  1. Voar de Lisboa para Porto Santo e Pegar um Ferry para Funchal:

Você também pode voar do Aeroporto de Lisboa para o Aeroporto de Porto Santo, que é outra ilha do arquipélago da Madeira e de lá pegar um Ferry de Porto Santo para Funchal. Os ferries são operados pela Porto Santo Line e a viagem dura aproximadamente 2 horas.

 

  1. Outras Opções:

Voar para Funchal via Outras Cidades Europeias: Algumas companhias aéreas oferecem vôos com escalas em outras cidades europeias antes de chegar a Funchal. Isso pode ser uma opção dependendo da disponibilidade de vôos e das tarifas.

Independentemente de como você pretende chegar, é importante verificar os horários, preços e disponibilidade de passagens com antecedência, especialmente durante os períodos de alta temporada. O Aeroporto da Madeira é o principal ponto de entrada para quem viaja para Funchal e oferece uma boa variedade de opções de transporte terrestre para a cidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 × cinco =

O conteúdo de texto, foto e vídeo do site CIDADANIA TUTTO A POSTO não pode ser copiado ou reproduzido sem autorização prévia.

Quer saber se tem direito a Cidadania Italiana ou Nacionalidade Portuguesa? Clique no botão abaixo e faça uma pré-consulta.
FAÇA UMA PRÉ-CONSULTA GRATUITA!
Fazer pré-consulta